Sunday, October 12, 2008

A tartaruga e a lebre


Terminado o GP do Japão, durante a transmissão da Bandeirantes-Band News FM, encerrei minha participação com o seguinte comentário: o desempenho de Robert Kubica nesta temporada faz lembrar a fábula de Esopo - "A tartaruga e a lebre".

Devagar e sempre, Kubica continua na luta pelo título, ao contrário do finlandês Kimi Raikkonen, que neste domingo deu adeus à disputa. Se Felipe Massa tem agora apenas cinco pontos de desvantagem em relação a Lewis Hamilton, é verdade que o polonês da BMW Sauber tem tarefa ainda mais dura para desempenhar. Precisa descontar doze pontos em relação ao inglês da McLaren.

Voltando ao passado.

Primeiro, o passado recente. Em 2007, faltando duas provas para o final do campeonato, Raikkonen estava 17 pontos atrás de Hamilton. Venceu na China e no Brasil, contando com dois erros do próprio Hamilton para conquistar seu primeiro título mundial.



Mas a Fórmula 1 já assistiu a outras viradas memoráveis, como a de Nelson Piquet rumo ao seu segundo título, em 1983. Vinte e cinco anos atrás, faltando também duas provas para o final, Piquet estava, como Kubica, em terceiro no campeonato. É certo que o brasileiro, naquela época, tinha desvantagem bem menor - cinco pontos em relação ao então líder Alain Prost.

Kubica, neste ano, vai se beneficiando do regulamento, que privilegia a regularidade. Em 16 corridas, o polonês só deixou de pontuar em três (Austrália, Inglaterra e Cingapura). Sete pódios - uma vitória, três segundos lugares, três terceiros. O que parece dificultar a tarefa de Kubica é a evidente inferioridade de seu carro em relação à Ferrari de Massa e à McLaren de Hamilton, algo que o distancia do feito de Raikkonen, no ano passado, que tinha um carro do mesmo nível dos rivais.

Mas um erro dos líderes aqui, uma falta de sorte ali - e 2008 consagra um improvável Kubica campeão. Será?

E você, ouviu a transmissão pela Bandeirantes-Band News? Quer comentar o trabalho da equipe comandada por Odinei Edson?

17 comments:

Marcos Antônio Filho said...

Concordo plenamente.Ainda mais com a incostancia demonstrada por Hamilton e Massa(estão sentindo a pressão),é só Kubica vencer agora em Xangai.Assim o campeonato termina como no passado.

Celinho Boy said...

Alessandra, 3 coisas:
1)Infelizmente não vi o GP do Japão pois estava dormindo. Tinha que pegar serviço noutro dia. e logo não pude acompanhar a corrida nem pela TV, nem pelo rádio.
2)Pra não dizer que não me interessei, liguei a TV às 03h da manhã e pra minha surpresa vi o Alonso no pódium. Mas só pode ser sonho. Ele ganhou de novo. E o Massa? e o "Amilton", onde foi parar. Não marcou ponto. E ainda por cima, Massa ganhou mais um ponto por causa duma punição a um piloto. Surpresa tbm foi ver o Raikkonen no pódium. Logo me lembrei da Capitu do seu post. Gostaria de saber como ele vai agir em Xangai. E o pior que se pode ter o risco do campeonato ser decidido na China. Basta Massa não pontuar e Hamilton ficar em 4º e aí adeus campeonato. E o receio se justifica pelo fato da Ferrari falhar muito na hora h. Pô, seria interessante ver o Kubica campeão, embora não haja nenhuma moral maniqueísta(daquele bate-boca beirando ao racismo), apenas a disputa esportiva.
3)Sim, Alessandra. Meu comentário sobre a foto foi positivo sim. Eu acho que algumas pessoas entenderam mal meu comentário. Sabe, é aquela questão de fotogenia, o tom de luz me deu uma impressão de envelhecido, vc tbm estava diferente das outras fotos tuas. Tbm pensei que tinhas botado uma foto antiga para mostrar tuas outras fases da vida. Não sei se expliquei ou compliquei. Mas espero ter explicado.
Beijos e abraços

luiz carlos said...

Alessandra, Hamilton não mudou!

Blog F1-V8 said...

Olá Alesssandra! Sempre acompanhamos a transmissão da Band e gostaria de parabenizar a toda equipe de vcs em mais esta etapa, principalmente porque deve ser bem difícil trabalhar nas madrugadas (imagino que na China o desgaste será maior!) Vocês sempre trazem inforamções quentíssimas e com muito bom humor...

Quanto ao Kubica, se fosse ele ficaria atento e preparado. Pelo "encontro" de Massa e Hamilton hoje, é melhor ele manter as esperanças em relação ao campeonato. Se o polonês vencesse, não seria justo em relação ao número de vitórias, porém o título estaria em excelentes mãos!

Até mais!!

Anonymous said...

Kubica é muito melhor do que pode parecer ,mesmo com esse sistema de pontuação do campeonato que favorece a regularidade .

Quem poderia imaginar no inicio do ano que o Polones estaria ainda com chances matematicas de ser campeão faltando duas corridas?

Não vamos esquecer que a BMW nunca este a altura de Ferrari e Mclaren , e depois da metade do campeonato esta diferença aumentou .

Agora uma pergunta.

Massa e Hamilton com uma BMW estariam ainda na briga?

Jonny'O

Fabrizio Salina said...

O que me espanta é a punição ao Bastião Boudais! Acintosa.
Bem, quanto ao Milton Black, é o piloto mais interessante que a F1 produziu depois de Shumy. Que ele vai ser campeão, ninguém dúvida. Mas começo a acreditar que não será esse ano.
Nessa corrida o Milton fez o que o Massa fez em Silverstone: presepada!!!
E como disse alhures: se o Milton Black não fosse tão arrojado, estaria na mesma condição do Kovalainen (ele guia Mclaren?).
Por fim, vcs viram como este "Kova" sai do traçado para jogar o carro pra cima da trajetória do Felipe, ma largada? Merecia uma punição, pois foi deliberado.

Alfredo, Orlando, Florida, USA said...

Putz grill menina tu entendes um bocado de F1, moro nos USA e assisto as corridas pelo SPEED CHANNEL, que transmite metade corrida x metade comercial, foi a primeira vez que ouvi pela rádio no PC via BAND NEWS, graças à uma dica do blog do Ico, acompanhei também pela ITV mas eles passam com um atrazo em relação ao SPEED. Any way, parabéns pela ótima cobertura, vou estar sempre antenado nas próximas transmissões

Fábio said...

Acompanho as transmissão de Rádio Bandeorantes deste o final dos ano 80, à época com Éder Luiz, Edgar de Mello Filho e o saudisi Candinho. O trabalho atual da rádio é bom atualmente. Qto a corrida achei a FIA muito correta nas punições. E o resultado final foi bom para o Felipe, pois antes desse GP ele estava 7 pontos atrás do inglês, em três GPs tinha que tirar, 2 - 2 - 3, fez a primeira parte faltam as outras duas. E o Kimi parece que quer ajudar, isso é bom!
sinegaglia@uol.com.br

Anonymous said...

Alessandra

Que você escreve bem, e é inteligente, dá para ver pelos seus textos.
Pela fotografia anterior você parecia bonita.Esta nova fotografia muda tudo, você é bonita !
Parabens pelo texto.

Ron Groo said...

A comparação com a fabulo de Esopo é muito pertinente.
Já eu fui menos polido, acabei chamando Kubica de neo-Prost, dada a sorte e parcimonia que usa na espera por resultados negativos a sua frente. Se ganhar o titulo, o que não é impossível vamos poder dizer que o francês narigudo (redundância isto?) deixou um herdeiro...
Quanto a transmissão, desta vez em respeito a minha esposa e meus filhos que dormiam eu não liguei o rádio, que gosto de ouvir bem alto. Mas nem tem mais o que elogiar a equipe. São perfeitos, como se deve para trabalhar na Bandeirantes!
Já a sua foto nova. Perdoe só vi agora. É tão bonita quanto a outra, mas com a vantagem de ser menos 'aristocrática' rs.

neder said...

Acho que o Kubica está mais para "rápido e sempre"...

Dú said...

Mãe do Saco de Batatas e que Aguenta a Fumaça do Maluco do Panda.
Vendo pela Internet e plugado na Band AM, rolei de rir qdo. vc. mandou ver a fábula.
Acertou em cheio, pois já havia pensado em fazer um caricatura dos 3 Patetas, Lewis, Massa e Kimi, pois o napa mór tá na jogada.
No mais, um abração pro Panda, pois este fds. tem Lada do FG estreiando em Londrina!

Cristiano Matheus said...

Olá, Alessandra!!!

Muito bom essa comparação, mas...
não gostaria que este fato acontecesse, pois estou torcendo por Massa!!!

Gostei do Blog, venho mais vezes...

Até Mais...

Toni said...

Alessandra,

A maioria do que foi comentado aqui eu acabei comentando no teu post anterior (antes de você publicar este), então vou falar das transmissões que tenho acompanhado pela Rádio.

O time é muito bom, inclusive o Cacá Bueno que tem mudado muito a imagem que eu tinha dele, com comentários muito pertinentes e uma visão interessante do automobilismmo.

O Ico e o Fábio Seixas também tem algumas tiradas interessantes durante a transmissão, mas nada comparado aos seus comentários e às suas observações, sem contar é claro as estatísticas todas.

Confesso que às vezes o Odinei dá a impressão de que a Fórmula 1 é tão rápida que algumas coisas passam e ele não ve. Ele acaba complicando a vida de vocês, soltando umas perguntas que ficam meio fora de hora (mas faz parte). ;)

Mas é muito melhor ouvir a transmissão pelo rádio, acompanhando a TV.

Na próxima madrugada estarei com certeza ouvindo vocês.

Continue com o belo trabalho, por quê do jeito que a coisa está, os pilotos irão produzir novas fábulas até o final do campeonato.

Toni - São Paulo - SP.

Érico said...

Algo que me incomoda é a diferença com que o Massa disputou posiçoes nas chincanes de Monza e na chincane de Fuji com o Hamilton. Se em Monza ele fez de tudo para evitar colisões e punições, em Fuji ele foi destemperado e simplesmente jogou o carro pela grama para cima do Hamilton.

É gritante.

Outra comparação de imensos contrastes se dá entre a batalha do Hamilton com o Raikkonen em Spa. Em Spa vimos o Hamilton evitar a batida e tentar o ataque após levar a fechada na chincane. Em nenhum momento ele ameaçou jogar o Raikkonen para fora ou sequer chegou perto de tal. Foram manobras agressivas e determinadas, mas limpas e seguras. Agora compare isso com como o Massa se comportou em relação ao Hamilton e Bourdais e vemos a diferença entre uma disputa limpa e firme e disputas desonestas e prepotentes.

E a hipocrisia transborda de inúmeros blogs e comentários por aí, não necessariamente aqui, em que se defendem a direção do Massa sob clichés baratos.

---

Alonso sempre foi craque em herdar vitórias. Desde 2005, ele sempre soube se colocar em posição para tal, e por isso tem seus méritos. Mas rotular sua corrida de genial, estupenda ou qualquer outro superlativo é ignorar que sua única disputa foi com um Kubica num carro desequilibrado e devorador de pneus. Hamilton e Massa forma punidos e tiveram seus incidentes. Raikkonen sofreu com falta de balanço após toque(s) na primeira curva. Kovalainen teve seu motor quebrado. Etc, etc...

Anonymous said...

O título de Robert seria mais impressionante do que o de Kimi no ano passado.

_________________________________

Blog do Automobilismo em Debate

Aqui, vc faz a notícia !!!

www.automobilismoemdebate.zip.net

Paulo Maeda™ said...

realmente, Kubica sempre está no lugar certo e na hora certa, salvo algumas exceções. Se a BMW tivesse um carro melhor.... com certeza estaria na frente deles.

muito bom o blog, sempre q eu puder passarei por aqui.