Sunday, October 19, 2008

O inferno são os outros

Lewis Hamilton ganhou o GP da China e ficou mais perto do título. O segredo para uma vitória tão fácil? Ausência de rivais. Mais? No GPTotal. Vai lá, vai. Depois, comente.

6 comments:

Hugo Becker said...

O texto acertou na mosca, como sempre.

E obrigado por um favor incrível que você me fez nesse texto: Apontar as evidentes semelhanças entre Hamilton e Senna.

Acompanho Fórmula-1 há uns 15 ou 16 anos, e até então nenhum piloto me despertou essa satisfação. Aquela voz que fica contente aos domingos, e diz: "Hoje tem corrida, finalmente vou ver o Hamilton pilotar". Você foi no ponto certo, tanto nas semelhanças quanto nas diferenças, e depois de dois anos de Hamilton na Fórmula-1, é a PRIMEIRA VEZ que vejo algum (a) jornalista compará-lo a Senna.

Hoje mesmo, pela manhã, comentei com um amigo meu: "Tenho certeza de que muita gente que trabalha na imprensa esportiva se lembra de Senna ao ver Hamilton. Mas acho que ninguém comentou isso abertamente pra evitar polêmicas, já que Senna virou um "santo" por aqui, e comparar um piloto que sequer tem um título a Ayrton seria 'sacrilégio'".

Você fez isso, e eu te agradeço de verdade. Palavras de um fã de Senna.

Torço por Massa, mas realmente quero ver Hamilton campeão.

Anonymous said...

...e M.C. escreve: Bom, quem respeitou o Hamilton, parabéns ! Entende de pilotos e F1. Os que não respeitaram, vieram com historinha que ele é desiquilibrado emocionalmente e baboseiras mil, restam-lhe reconhecer a genialidade do piloto ingles ou passar um belo óleo de peroba nas lindas carinhas de pau ! Tá cheio deles na blogsfera ! " Corrida chata ", " Monotonia !" dizem e pouco escrevem sobre o ingles( a grande maioria, alonsomaníacos e/ou anti-Massa ). HA ! Só rindo ....Eu torço por Massa. Seria necessário este título para o Brasil mas ele não virá em 2008. Só se furar um pneu, logo após a entrada dos boxes, na 40ª volta, baterem em Hamilton ou fundir o motor da McLaren do inglês, aqui, em Intelagos. Não quero isso. O ingles é GENIAL ! MERECE O TÍTULO ! Senna " de volta ", negro e ingles ! Fantástico ! Próximo ano, o Massa ganha o 9º título. Tudo bem.

Hugo Becker said...

Alessandra, utilizei parte de seu texto em uma postagem do meu blog, com os devidos créditos e links, tudo bem?

Se houver algum problema, eu altero a postagem, sem problemas.

Ron Groo said...

Sei não.
Ele ganhou na raça mesmo, tá certo. Foi melhor o tempo todo e todo o tempo. E não foi por falta de adversários não.
Se ganhar o campeonato vai ser por méritos. Se perder vai ser por deméritos. Este é o campeonato mais ganho de todos os tempos. Ele nem precisa vencer a corrida do Brasil, basta chegar em quarto e tudo tá ótimo... Logo se perder...
As comparações com Ayrton ainda me parecem desproporcionais. Além da cor do capacete mais nada os liga.
Ah não ser se Hamiton tivesse estreado numa carroça como a Tolemann e pilotado para uma equipe em decadencia como a Lotus. Coisa que ele não fez.
De qualquer forma fico feliz em ter visto Senna e estar vendo Hamilton agora. Sou privilegiado!
Quanto a corrida achei chata sim, monotona mesmo.
Quanto ao campeão? Qualquer um dos dois que ganhar. Estará o titulo em boas mãos.

neder said...

Tem rival, sim, e melhor que ele. Só que está na Renault, trabalhando duro para obter bons resultados. E quando o teve ao seu lado, o inglês ficou perturbado e "se atrapalhou"...
Hamilton é ótimo - falta apenas: 1)ser campeão tendo um Prost, Mansell ou Alonso na mesma equipe; 2) obter resultados guiando a Toro Rosso ou a Renault 2008 (desde o começo da temporada).
Mas bonito mesmo fez a McLaren, independente de perder o título.

Erico Calixto said...

Excelente texto, como sempre.

Uma pergunta, o que há com Massa? No Japão e na China ele se classificou mal e foi mal na corrida, sendo notado apenas pelas batidas numa corrida e ajuda recebido da Raikkonen noutra. Isso em nada lembra o piloto que fez o Raikkonen parecer lento e errático.

É a pressão?

Será que ele mudou novamente?