Monday, May 12, 2008

Esconde que desaparece?

.


Ontem, durante o GP da Turquia, algo raríssimo aconteceu: uma ultapassagen, e não uma ultrapassagem qualquer, mas uma manobra que valeu a liderança da corrida.

Quando Lewis Hamilton passou Felipe Massa, durante a transmissão pela Band News e Bandeirantes AM, lembramos que isso não acontecia desde o GP da Europa do ano passado. Naquela corrida, em Nurburgring, foi Fernando Alonso que assumiu a liderança em uma manobra na pista, deixando em segundo, justamente, o mesmo Felipe Massa.

Viva, aleluia, uma ultrapassagem!

É certo que Hamilton perdeu a liderança por conta da estratégia de corrida, obrigado a fazer uma parada a mais nos boxes. Mas foi uma linda manobra, e foi ótimo ver uma ultrapassagem valendo o primeiro lugar, nesses tempos de vacas magras no quesito competitividade na Fórmula 1.

Mas, se você perdeu a corrida e quis ver o compacto no Sportv, provavelmente não está entendendo nada do que escrevi. Simplesmente porque o compacto do Sportv não mostrou a ultrapassagem de Hamilton sobre Massa.

Compreensível: Massa é inatacável. Na disputa direta pelo título, Massa é o herói a ser preservado. Se a TV esconder a ultrapassagem de Hamilton sobre ele, talvez ela deixe de existir.

Uma grande bobagem: a bela ultrapassagem de Hamilton sobre Massa valorizou a vitória do brasileiro. Eu disse isso no ar, cutucando indiretamente a torcida palmeirense: disse que era melhor vencer assim, enfrentando dificuldades, do que ganhar muito fácil, por exemplo, de 5 x 0. Só uma brincadeira, amigos alvi-verdes! Mas a do Sportv...

12 comments:

Herik said...

Reparei a mesma coisa. Esperei o dia para ver a manobra no compacto (não pude acompanhar a corrida ao vivo) e nada. Até agora não consegui ver.

Lamentável o que a Globo faz.

Anonymous said...

rede globooooooooooo plim plim

Ron Groo said...

Destaquei a mesma coisa eu você sobre as ultrapassagens que valem a primeira posição...
Não estranho a posição e a atitude da emissora a que você se referiu, afinal só transmitem a F1 porque tem brasileiro correndo. Para não desanimar acho, não mostraram a bela ultrapssagem do Hamilton.
Eu me pergunto, quando não houver mais brasileiros na categoria, ou eles não puderem mais lutar por vitórias, ainda vamos ter as transmissões?

Blog F1-V8 said...

Faço das preocupações do Groo acima as minhas...
Concordo com você Alessandra! Não sei o porquê desse protecionismo todo. Ontem, durante a transmissão da TV, os comentaristas (nem vou citar quem) disseram que Massa havia facilitado a ultrapassagem pois sabia que iria retomar a liderança. Achei uma bobagem este comentário... Afinal, corridas de carros são assim e uma ultrapassagem é sempre bom, não tira prestígio de ninguém!!

OCTETO RACING TEAM said...

Aiiiiiii
O Groo tem toda razão...

Vivian Z.

Alessandra Alves said...

herik: é a lógica do ricúpero. o que é bom a gente fatura...

ron: se o brasil ficar sem brasileiros nas equipes principais, não duvido que a globo deixasse de passar as corridas no canal aberto. na verdade, isso aconteceu no passado, no período entre a derrocada do emerson e a ascensão do piquet. a bandeirantes passou, naquela época. uma situação semelhante seria o melhor cenário. pior seria a globo manter os direitos e não passar...

blog f1 v8: putz, a globo falou isso, foi? que mancada! afinal, o massa acabou levando até uma cutucada em relação a essa ultrapassagem. o diretor da ferrari levemente criticou o fato de o massa não ter segurado o hamilton por mais tempo, aumentando as chances de uma dobradinha da equipe italiana. quer dizer: se o massa abriu, deliberadamente, para o hamilton passar, jogou contra o patrimônio da equipe, ou não?

vivian: e o pior é que a fonte está secando no brasil! onde estão se formando as jovens promessas do automobilismo brasileiro? cadê as categorias de monopostos, que nos rendiam os potenciais aspirantes à fórmula 1???

Herik said...

Antes me preocupava com a possibilidade da Globo não mais transmitir a F1. Hoje não ligo, até porque a Record está disposta a gastar tubos de dinheiro somente para tirar os eventos esportivos das mãos da turma do plim-plim.

Além disso, hoje temos a internet de banda larga como opção. O proprío GrandePrêmio tem disponibilizado as corridas ao vivo. E sem Galvão Bueno.

Mudando de assunto - mas continuando nele, há um vídeo muito interessante sobre o Gp da Turquia no site oficial da F1. Nele tem a ultrapassagem de Hamilton sobre Massa. Mas o que mais me chamou a atenção foi a imagem de um dos membros da família do Massa segurando um terço nas mãos. Um gesto, na minha opinião, deselegante, pois a Turquia é um país mulçumano. Achei estranho.

niltonhc said...

...e eu ouvi esse seu comentário dos 5x0 durante a transmissão, viu, dona Alessandra? :-)

Mas tudo bem... valorizada mesmo deve ser uma vitória por 3x2 contra o CRB... hehehehehe...

Bjs.
Nilton

Alessandra Alves said...

herik: sem transmissão a gente não fica mesmo, isso é fato. quanto ao terço do massa, acho que foi da mulher dele. não vejo problema nisso, não. cada um se apega em suas crenças, liberdade de expressão também é isso!

nilton: ora, veja! você estava ouvindo, é? pois é, então, vai treinar no sábado?

niltonhc said...

Oi Alê! Pois é, sua audiência está grande!!

Se eu conseguir acordar :-D estarei na USP sábado!

fabrício [de lima] said...

salve herik, achei interessante seu comentário sobre o terço nas mãos dos familiares do piloto massa [mora?].

eu acho que a o elitismo do automobilismo não se importa muito com o resto.

e o resto inclui tudo: religião, casamento gay, descriminalização da cannabis, guerra no iraque, bomba na indonésia, sobretudo quando o assunto tem a ver com aqueles que não são seus pares...

só o umbigo interessa.

e claro que a transmissão mostrou o terço justamente por conta dessa deslizada, na minha opinião, da família massa. você se ligou corretamente.

aliás, alguém já viu a família de algum outro piloto fazendo gracinhas nos boxes?

abração

Anonymous said...

Eu acho que não tem nenhum problema o Massa levar a família, até porque do Brasil o que ele recebe constantemente é uma metralhada de críticas. Pelo menos ainda tem família para apoiá-lo.
E não devemos transformar a babaquice das transmissões esportivas em antipatia para com os esportivas.
http://youtube.com/watch?v=d2Kf2a-f5B0
No endereço acima, a ultrapassagem e a família do Massa.