Thursday, November 06, 2008

A escolha de Vettel


Desde que foi anunciado como sucessor de David Coulthard na Red Bull, o alemão Sebastian Vettel tem levantado uma dúvida entre muitos analistas da Fórmula 1.

Será que o alemão fez uma boa escolha? Afinal, pilotando o carro da Toro Rosso, time B da Red Bull, Vettel conquistou, entre outras coisas, uma pole e uma vitória na temporada de 2008, resultados muito superiores a tudo que Coulthard e Mark Webber fizeram juntos neste ano.

Minha análise desse tema é um pouco diferente.

Lembra daquela piada sobre Hillary e Bill Clinton? Os dois param em um posto de combustível, um funcionário cumprimenta Hillary e Clinton lhe pergunta quem é. Hillary explica que o cara tinha sido seu namorado na juventudo, ao que Bill responde: "Tá vendo, se você tivesse se casado com ele, hoje era mulher de um funcionário de posto, não do presidente dos EUA." Hillary: "Engano seu, my dear. Se eu tivesse casado com ele, ELE seria presidente dos EUA."

Não duvido que, com Vettel por lá, a Red Bull comece a andar muito melhor que a Toro Rosso. Vettel é o cara. Talvez não para 2009. Mas, para logo, logo.

Em tempo: o Saco de Batatas está fazendo uma enquete sobre a temporada de 2008. Vote lá!

12 comments:

Anonymous said...

Alessandra ,na barra a direita o link esta antigo.

J'O

Anonymous said...

Ops,não está não!

J'O

Anonymous said...

Acho que o Vettel deve conhecer bem os times ,nós aqui distantes não sabemos onde termina a relação tecnica entre STR e RBR ,o quanto o desenvolvimento do chassi é vinculado ou não .

Por equanto pelo o que se diz a Renault é a grande responsavel pela queda da Red Bull na segunda metade do campeonato ,será só isso?

De qualquer forma um projeto de Newey voltou a vencer ,claro que Vettel foi o maior responsavel mas o projeto era bom e mostrou um desenvolvimento constante na STR.

Jonny'O

Carlos César said...

Essa questão também me deixa intrigado...

Numa análise "rasa", são 2 carros by Adrian Newey, mas motor Renault vs. motor Ferrari.

O que teria pesado mais no desempenho da Red Bull em 2008: a dupla de pilotos, o motor ou as duas coisas?

Pelo menos uma coisa vai ser boa na ida do Vettel pra Red Bull: ele vai aposentar o Webber, hehehe

Mário Salustiano said...

não devemos esquecer que apesar de ser um piloto muito promissor, será que Vettel sabe acertar carros? ou precisa de um já acertado? isso só o futuro nos dirá, a STR subiu muito de produção na fase final do campeonato e aí a ida de Vettel para o time A já havia sido acertada

abs

Mário

Fabrizio Salina said...

Motor por motor, não podemos esquecer que o Alonso corre de Renault e aprontou nas últimas corridas.
O problema da Red Bull é piloto mesmo.
No entanto, o Vettel é bom, mas correu com um Bourdais aquém das expectativas... ainda é preciso um referencial para termos a exata medida. Alguém duvida que o Piquezinho cravaria algumas classificações no Bourdais???
Assim concordo que o menino fez bem em trocar em a 'Boi Caprichoso' pela 'Boi Garantido'.

Ron Groo said...

Sim.. Vettel é o cara, para logo, logo. Imagino este cidadão pilotanto um carro vermelho, já que a Mclaren tem dono e a Renault segurou por dois anos o asturiano.

mauro chazanas said...

Alessandra, boa noite. Deixe de novo eu valer-me de tua boa vontade, do teu espírito camarada e de tua alegria pela conquista corintiana para fazer uma pergunta que não tem nada a ver com o tema do post: você já viu "Lost"? Pergunto porque só comecei a ver há uma semana, fiquei fascinado, já devorei as quatro temporadas e tô na fila aguardando a quinta, sem contar o tanto de sites sobre a série que favoritei. Queria ouvir tua opinião a respeito e, de forma mais ampla, sobre séries de tv. Provavelmente você já deve ter abordado o assunto em priscas eras, mas, (desculpe, não dá pra resistir), se o fez, eu Lost. Boa têrça pra todo mundo, e permita ainda uma sugestão musical, cai bem nesta noite chuvosa de segunda, uma canção de um filme que virou série (não me lembro se na série a canção também foi usada): "Suicide is Painless", de Mash.

Alessandra Alves said...

mauro: não, nunca vi "Lost". tenho curiosidade e talvez o farei em um futuro próximo. já gostei muito de seriados americanos, especialmente das comédias, e ainda hoje sou assídua espectadora de "Seinfeld", e também gosto de outras séries já descontinuadas, como "Friends", "Frasier", "That´s 70´s Show", "Mad about you", "The Nanny", isso sem falar nos antigos, especialmente "A feiticeira" e "Jeannie é um Gênio". dos atuais, assisto eventualmente 30 Rock, que acho muito bom, Gray´s Anathomy (adoro um filminho de hospital - esse é meu pecadinho confessável). e, sempre que posso, vejo "Ugly Betty", que acho muito engraçado e bem feito. uma hora dessas eu escrevo sobre seriados. e obrigada pelos parabéns ao timão-eô.

Silvio Silva said...

Me pergunto. O que já fez o Mark Webber? Ele não fez e não é nada. Entre essa nulidade eu prefiro o Rubinho. Acho que a RBR ganharia com a experiência de um piloto que ganhou corridas e andou em time grande e a juventude promissora do Vettel. Um cara experiente para ajudar na ascensão do novato. Mark Webber não serve para nada. Passou a hora dele para qualquer coisa, ele não irá para um equipe de ponta (Ferrari, McLaren, Renault, BMW) a RBR não será uma equipe de ponta, é e será intermediária. Deveria existir aposentadoria compulsória na F1, tipo dois anos sem alcançar 20 pontos por ano, tchau, adeus, desocupa a moita, vai ver se to na esquina, etc...
Vai Webber, vai embora para o bem de todos, vai antes de levar toco do Vettel, seja esperto, já que você não anda nada.

Blog F1-V8 said...

Espero que a Red Bull não se enrole no projeto de seu novo carro. Isso porque muitas mudanças virão, se eles não conseguirem fazer um trabalho decente, será um ano de padecimento do Vettel.

Mas o alemãozinho tem tudo para arrebentar por lá. Dessa vez o terror psicológico típico do Webber não vai dar em nada. O menino vai colocá-lo no chinelo fácil, fácil...

Agora, quando o Vettel assumir o cockpit de uma Ferrari ou BMW, a galera da F1 vai entoar um canto igual aos dos jogos de futebol "Ih f**eu o Vettel apareceu!"...

Não vai ter pra ninguém... se o schumacher aposta nele, quem somos nós para não fazermos o mesmo??

Rodrigo Duarte P.L.R. de Barros said...

Excelente análise Alessandra, tanto que já foi confirmada pelos testes realizados até ontem em Barcelona com Vettel na frente, andando de Red Bull.

Parabéns pelo blog.

Um grande abraço...