Monday, September 08, 2008

O bom e o marvado

O sujeito chega à briga de galo e pergunta ao caipira: "Qual desses aí é o bom?" O caipira aponta um dos galos e o sujeito aposta no bicho indicado, que leva uma sova de dar dó. Terminada a luta, o bacana vai se queixar com o caipira. "Você me falou que esse era o bom!", ao que o caipira responde: "Pois é. O bom é esse. O outro é o marvado." Quem seria o galo marvado da Fórmula 1 atual? No GPTotal, minha análise do GP da Bélgica. Vai lá, vai.

6 comments:

Jean -BH said...

Alessandra,
Seu texto no GPTotal é o que mais se parece com minha opinião sobre este GP da Belgica. Vi um Massa bundão... que até me irritou em não aparecer para brigar pela vitória qdo Hamilton e Kimi se enroscavam na pista molhada das voltas finais. Parecia até q ele já tinha tb rodado como em Silverstone. E pior ainda foi sua falta de combatividade na largada ao ser ultrapassado por Kimi,mesmo após este ter espalhado.
Achei o GP sonolento e chato... salvo pela chuva.
Também concordo que o Hamilton seja o piloto que mais arrisca atualmente e traz de volta a emoção das ultrapassagens.Dá Show!
Confesso que não cheguei a um veredito se foi justo sua punição. Odeio tapetões! ( me lembram o Balestre roubando o Senna).
Agora o Kimi bater mostrou ter se descontrolado emocionalmente com a improvável (mas normal)agressividade do inglês, que pra mim, depois da chuva é atualmente o grande imponderável das corridas. Visto que neste ano Massa mostra mais amadurecimento e cautela. Sendo menos ousado.
Jamais me impolguei com Kimi, nem vejo tanta genialidade assim nele. Foi campeão em 2007, mais pelas bobagens da Maclarem e seus pilotos que por méritos!
Só espero que a Ferrari não cometa estes erros e de agora em diante priviligie o Massa. Pois até o Kimi tb lhe deve aquela vitória em interlagos e no mínimo parte do seu título.
Abraços

marconi said...

Também acho que o Hamilton foi "meio afobado" poderia ter deixado o Kimi contornar o grampo, e atacar de novo. Kimi na corrida me surpreendeu! andou forte o tempo todo. E o Massa não foi bem. Talvez por não conseguir um bom acerto de corrida andando com os pneus macios, chegou a perder 0,7s por volta só no segundo setor, depois que colocou os pneus duros andou igual a Hamilton e Kimi. Mas no final, teve muita sorte. E em dobro! Talvez seja a tal da sorte de campeão. Bjão! Eu ouço vcs na Bandeirantes!

Ron Groo said...

Alessandra, vou discordar de você...
Há um video onboard rolando pela net e que estará em meu blog amanha as 8 da manhã em que é possivel ver que Hamilton não recolheu na chicane e preferiu corta-la deliberadamente e quando já na reta onde deveria devolver a posição, ele apenas abriu espaço para que Kimi passasse, mas, em momento algum, em hipotese alguma desacelerou. Como prova o som de seu motor. Muito pelo contrário, continuou a subir marcha e encher o motor e só no meio da reta quando Raikkonen consegue por o carro a sua frente ele ainda aproveita para pegar o vacuo da Ferrari. Que aliás não tinha como fazer a La Source de forma decente para evitar a ultrapassagem devido ao local em que Hamilton cortou-lhe a frente.
Ou seja, nosso idolo arrojado foi malandro, tal qual os malandros brasileiros que sempre veem uma forma de burlar regras como se estas fossem feitas apenas para otarios...
O que, mesmo com este discurso meio panfletário que fiz ai em cima, perde a beleza platica da batalha que travaram o ferrarista e o piloto maclaren.
Como escrevi em meu blog e em comentários pela rede. Foi errado mas lindo e se não houvesse punição eu também não iria ligar, até pelo fato de que Lewis fez Kimi de bobo na reta, rs.
Pena que os fiscais de pista pegaram. tiraram-lhe a vitória e ainda deram a ele sete pontos na CNH...

Anonymous said...

Hoje a F1 está com seu regulamento técnico bem desenvolvido ,digo,fechado .Está cada vez mais difícil um gênio das pranchetas achar um furo e sair na frente dos demais ,isto era algo admirado principalmente nos anos 70 e 80 e nomes como Gordon Murray ,John Barnard ,Chapmam e Newey foram colocados em outro patamar justamente por achar uma brecha aqui e outra ali em um regulamento técnico.

O que aconteceu na Bélgica foi mais ou menos assim ,Hamilton se colocou no fio da navalha em um regulamento muito mal resolvido e não deu certo .Mal caráter ?Não ,um gênio com a capacidade de no calor de uma disputa ainda calcular uma manobra com precisão.

Talvez ainda nos anos 80 teria dado outro impacto ,mas a F1 está diferente.

Para mim toda esta polemica se deve justamente a uma falha ou algo que não era previsto e agora por culpa de um gênio a coisa devera ser mais discutida e regulamentada .

Assim caminha o mundo e assim se desenvolve as coisas ,um exemplo ,a segurança hoje é exemplar e só tomou um impulso depois de mortes de pilotos que tinham destaques .

Mesma coisa quanto as regras de boa conduta , se um Vettel bate na traseira sob bandeira amarela se toma qualquer providencia e pronto ,ninguém grita!

O que doeu na Bélgica foi o vencedor perder a corrida ,estranho né.

Talvez se Hamilton tivesse como pena largar dos boxes na próxima etapa fosse mais justo com o esporte .

Jonny'O

Mudanças said...

LEGAL :D
parabéns pelo blog linda :D

Francisco Castro said...

Olá, gostei muito do seu blog e de sua abordagem.

Parabéns!

Um abraço