Wednesday, June 24, 2009

E o ser humano?


Na semana passada, quando as equipes associadas à FOTA resolveram dar piti e ameaçaram criar uma categoria paralela à Fórmula 1, um trecho de sua carta-manifesto acendeu as esperanças de alguns ingênuos pelo mundo afora. Dava conta de uma categoria mais acessível, sustentável ou coisa que o valha, com ingressos mais baratos, valores de transmissão menos abusivos.

Parecia que os donos e chefes de equipe tinham descido do iate de Flavio Briatore de mãos dadas, imbuídos do espírito mais humanitário que visitou a Terra desde a passagem de Madre Teresa de Calcutá, prontos para beijar crianças ranhentas e afagar leprosos, cantando "We are the world" em uníssono.

Nesta quarta-feira, a santíssima trindade formada por Bernie Ecclestone, representando a FOM, Max Mosley, pelo lado da FIA, e Luca di Montezemolo, em nome da FOTA, reuniu-se, trançou seus pauzinhos e selou a paz na Fórmula 1. Mosley, pelo jeito, vai pendurar as chuteiras e o chicote em outubro. Sem dar muitos detalhes do que resolveram, só disseram que está tudo bem no ano que vem.

E os preços dos ingressos? E o valor dos direitos de transmissão? E o acesso facilitado a eventos e pilotos? Ninguém sabe, ninguém viu.

Ficou parecendo aquela situação típica de empresa: quando o dinheiro entra fácil, a firma faz programas para valorizar o ser humano, capacitar o ser humano, motivar o ser humano. Daí, vem a crise, e a empresa manda um monte de ser humano embora.

7 comments:

Paulo Cunha said...

Perfeito!

Mas ainda acho que tio Berney e tia FOTA vão continuar na sua briga pelo bolo...

Edu said...

Essa é a análise que esperava. Passional!

Tem razão, e nós somos os estúpidos que torcem por A ou B. Tudo promessa de campanha. E a FOTA, arruma um calendário fictício só para fazer pressão e a gente ainda ia ter que entrar na discussão de "mas e o Brasil? Temos 8 títulos, 3 pilotos ativos (?), somos grandes, somos fortes, somos lindos, o país do futuro".

Pra falar a verdade, é nojento, é jocoso o que fazem. E ainda torcemos, e com paixão...

Amor bandido!

Ron Groo said...

No ponto. Eu é que sei deste negócio de valorizar e depois bye bye...

Eu ainda creio que o inferno não foi pacificado.

Primeiro a Fota nos apresenta a apocalipse, e agora sem mais nem menos diz que tudo se transformou em Éden e com a vantagem de que substituiram a serpente por um outro bicho qualquer.
Um não... dois...

Tohmé said...

Ou seja, para variar pensaram neles. Como se em qualquer outra ocasião tivesse sido diferente.

Nervoso Descansado said...

É, cheguei a sonhar com um GP da "F1 clandestina" em Buenos Aires - daqui de Porto Alegre, é mais barato ir à capital argentina do que a São Paulo. Com igresso mais barato e Ferrari na pista, então...

rafael said...

Alessandra, não vai escrever ada sobre Michael Jackson?

rafael said...

Alessandra, não vai escrever ada sobre Michael Jackson?