Monday, April 07, 2008

Under Pressure

.
Sob pressão, Felipe Massa venceu sua primeira corrida neste ano. Sob pressão, Max Mosley deve deixar a presidência da FIA. Daí o título da minha coluna desta semana no GPTotal, numa referência à música do Queen, que foi citado dia desses aqui no blog. Como diz o Ico, leia lá, comente aqui.

6 comments:

Marcio Gaspar said...

é... definitiva e infelizmente, parece que esse virou mesmo um blog de F1...

Alessandra Alves said...

marcio: não, amigo, tem lugar para tudo aqui. estou preparando alguns posts sobre música e literatura para os próximos dias. como diriam jane e herondy: "não se vá"!!!

Celinho Boy said...

Veja como são as coisas: se massa não tivesse rodado na Malásia, hoje ele estaria em segundo e ajudaria a Ferrari a liderar também o mundial de construtores. Ele tá certo em afirmar em marcar o máximo de pontos possíveis. Afinal, até um oitavo lugar pode definir um campeonato mundial.

A McLaren começou mal este ano. Mas vá se saber o que vai acontecer na fase européia. Imagino a ira dos espanhoís com a barbeiragem do Hamilton. Te lembras quando a Willians colocou nos seus carros a frase "mantenha a distância" depois do atrpelamento promovido pelo Rubinho(até chamaram ele de Rambochello)?

Quanto aos brasileiros, dentro da realidade de cada um. Rubinho com o jejum de pontos, mas completando as provas e Nelsinho ainda aprendendo.

Surpreendente foi a atitude do presidente da CBA em apoiar o Max Mosley. Tbm gostaria de entender.

fugindo do post: na Indy, Kanaan em segundo na prova e Castroneves na liderança da reunificada formula Indy. Ainda bem que deixaste de ser corintinana no ano passado. Mais uam vez o teu time precisava ganhar, mas perdeu e ficou dependente doutro resultado.
Pra teu consolo, o tricolor gaúcho caiu fora do gauchão. Melhor campanha e uma longa invencibilidade derrubada em uma semana.
Beijos e abraços.

Blog F1-V8 said...

Olá Alessandra.
Ótima avaliação da corrida! O Massa correu muito concentrado no Bahrein. Às vezes penso que é isso que falta nele: concentração. E vale lembrar que agora vem uma sequência de pistas nas quais ele venceu nos últimos anos. Com o campeonato enrolado desse jeito, cada ponto é importante.

Ah, parabéns pela transmissão também!

Ron Groo said...

'Insanity laughs under pressure we're cracking
Can we give ourselves one more chance?'

Realmente Alessandra, Maffa reagiu e reage bem a pressão, me parece ser do tipo de piloto que cresce com a desconfiança alheia. E merece outra chance e mais confiança.
Me lembro de ter lido no livro do Eduardo Correa que Piquet lidava mal com pressão, logo podemos dizer que ao menos esta qualidade - a de crescer sob tiroteio - Maffa tem.
E sim... Seu grande momento foi exatamete ter ultrapassado Kubica na primeira curva do GP. Isto lhe deu confiança para seguir em frente e até para manter o controle da corrida.
Sob Mosley, bem... Tara todo mundo tem, burrice foi se deixar filmar, não? Sob ser com conotações nazistas é só um fator... Se fosse conotações racistas e ele estivesse fantasiado de KKK seria a mesma coisa. Como disse, a burrice foi se deixar pegar...
Sob a Radio Bandeirantes, bem, é paixão mesmo. Ouço a Rádio a muito, muito tempo. Gosto de tudo e de todos por lá. Para ter uma idéia eu não sou muito fã de futebol, mas ouço as transmissões apenas para apreciar o trabalho dos reporteres, narradores e comentaristas. Me parece ser de um clima sensacional. Quando digo que um dia trabalharei lá é mais ou menos como aquele moleque que sonhava um dia tocar nos Beatles, é sonho só...
E como escreveu Chico, 'sonhos, sonhos são"...
Valeu!

Anonymous said...

Foi um grande alivio para mim ,a vitoria de Felipe Massa lhe dá novo folego para trabalhar um pouco mais em paz.

Quando digo que fiquei aliviado não me refiro por causa apenas de um piloto brasileiro ser o vencedor de um GP ,mas pelo fato da vitoria ser de um piloto que embora não tenha mostrado ainda ser genial ,já provou em muitas oportunidades ser muito,muito rapido.

É neste ponto onde o Massa me encanta,gosto de pilotos velozes,para mim é de se admirar um corredor levar ao extremo um F1 destacando-se dos demais de forma marcante,sem deixar duvidas sobre quem era o mais rapido em um fim de semana.

A historia de um piloto é unica ,impossivel prever o quanto irá se desenvolver ,um bom exemplo é o Allesi ,com o tempo foi ficando pior ,no outro extremo lembraria Damom Hill ,nada de espetacular ,mas sua performace na Hungria em 97 é digna de entrar para a historia da F1 ,uma façanha!

O campeonato continua muito bom ,com algumas surpresas como o otimo desempenho da BMW,o que me preocupa na equipe alemã é que parece que nem eles mesmo sabem bem o por que estão tão competitivos,isso pode ficar mais claro na proxima prova já que na europa outros times devem ter novidades ,vamos ver quem cresce mais.

Jonny'O