Monday, December 04, 2006

Com que roupa?

Amigos, a hora se aproxima. No dia 31 de dezembro, vou correr minha primeira São Silvestre. Já corri dezenas de provas, mas nunca a mais tradicional da minha cidade. Quase sempre, viajava no final do ano. Desta vez, deu certo, estarei na capital paulista na virada do ano e já estou inscrita. É uma prova difícil, cheia de gente, um calor do Saara, um suplício no centro abafado da cidade, um terror na subida da Brigadeiro, mas vou. Muita gente que faz a São Silvestre não se anima a fazer a segunda. É tipo "once in a lifetime", aquelas coisas que a gente faz uma vez na vida.

Por tudo o que essa prova representa, quero corrê-la usando uma camiseta com alguma inscrição significativa. Estou abrindo a caixa de comentários para sugestões. Quem se habilita?

Em tempo: sem palavrões e termos ofensivos, certo?

25 comments:

Herik said...

O que é isso Alessandra? Os frequentadores do seu blog não falariam qualquer baixaria aqui, não é!?
Quanto ao que escrever na camisa... Tudo, menos "Filma eu!". Rsrsrs...
Falando sério, naquelas conversas tidas aqui sobre músicas, com certeza, há boas sugestões.
Boa sorte na corrida.

Mauro Chazanas said...

Alessandra, há diversas opções, dependendo de como voce encarar a prova. Por exemplo, voce pode animar todo mundo que corre ao teu lado com: "Chegou a Hora dessa Gente Bronzeada Mostrar Seu Valor". Se voce prevê que não será muito rápida, pode ser "Devagar se Vai ao Longe". Se voce acha que vai ficar no meio do caminho, pode ser "O Tempo não Pára, Mas Eu Vou Parar Daqui a Pouquinho". Se voce almeja o título pode ser "Cesse tudo o que a antiga musa canta que um valor mais alto se alevanta". Espero ter sido útil. E boa sorte e corrida.

Véio Gagá - BH said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Véio Gagá - BH said...

Alê, tudo bem? Quanta saudade! Que legal que você vai correr a São Silvestre. Poderia escrever algo como: "Sou brasileira e não desisto nunca (embora tenha muitos motivos)", ou então: "Correndo atrás do sucesso", ou ainda "A vida é mesmo uma correria", e finalmente "Run, Forrest! Run!"

Beijão a você e à família.

(Em tempo: o comentário excluído aí de cima foi o meu, para que eu pudesse acrescentar mais uma frase)

Alessandra Alves said...

herik: você tem razão, subestimei meu público, desculpe!
mas você sabe que me fez lembrar de uma reflexão que temos habitualmente lá no blog do pedro alexandre sanches? você concorda que, muitas vezes, a agressão manifesta é resposta a uma agressão anterior recebida? então, sei lá, acho que se todo mundo aqui é educadinho é porque a dona da pensão costuma ser delicadinha também, né? hehehehe prefiro pensar que sim!

mauro: adorei a citação de assis valente porque vai bem na linha do que eu estava imaginando. por tudo o que vivenciamos neste ano, eu queria algo que homenageasse o povo brasileiro, mas não queria ser agressiva como aquela frase "o povo venceu a mídia", porque dá a impressão de que toda a mídia foi inimiga do povo, especificamente nesta última eleição. romântica e esperançosa que sou, continuo acreditando no poder da mídia em defender a maioria do povo de uma nação, por isso evito radicalizar nesse sentido. estive pensando em citar joão ubaldo ribeiro e escrever simplesmente: "viva o povo brasileiro".

é também uma forma de reafirmar meu repúdio à fala genérica da "elite branca", da nova direita, dos próceres do jornalismo da nova direita de que nosso povo é a maior razão do atraso do nosso país. não é! nosso povo é solidário, acolhedor, trabalhador.

que cês acham?

Alessandra Alves said...

puxa, véio, postamos quase simultaneamente, que saudade!

seja bem-vindo, sentimos falta dos seus comentários. espero que esteja tudo bem aí nas alterosas, bons ventos o tragam de volta.

veja a coincidência da sugestão da sua frase e da minha proposição!

Cynthia said...

"Não há nada como um sonho para criar o futuro", de Victor Hugo.

Alê, boa sorte na corrida. Fico torcendo para que você a complete no tempo que estabeleceu pra si mesma.

Valéria said...

Alessandra, na sua linha de escrever algo sobre o povo brasileiro, em sua homenagem mesmo - foi o q entendi do seu comentário - sugiro o seguinte:

"eu sou brasileira, com muito orgulho, com muito amor"

A frase é batida, sempre repetida em estádios de futebol (inclusive com o nome do time de cada um), mas fala ao coração.

boa corrida, e se hidrate bastante, que o horário é ingrato.

Helder said...

Alessandra
Quando vc descreve o sufoco da prova pensei em:
"Veni, Vidi, Volo in domum redire"
traduzindo
"Vim, Vi, Quero ir pra casa"
se quiser fazer uma produção caprichada corre com outra camiseta por baixo, e quando vc chegar na Paulista tira a de cima e a de baixo estaria com a frase original:
"Veni, Vidi, Vici"
só cuidado na hora de tirar a camiseta de cima para não tropeçar, dar cotovelada no corredor do lado...
Boa sorte!!

Alessandra Alves said...

cy: gostei da sua frase! aliás, coincidência, eu tinha acabado de ouvir "amor pra recomeçar", do frejat, baseada num poema de victor hugo, quando li seu comentário.

valéria: sua frase está entre as finalistas! é bem por aí mesmo! obrigada pelos cuidados. prometo cuidar bem de mim.

helder: tenho certeza de que vou querer voltar para casa! vencer, para mim, será terminar em um tempo que ainda não estabeleci com meu treinador. vamos ver.

teo said...

Ale,

Esse ano correrei a minha 3a Sao Silvestre. Já corri várias outras provas, mas te falo com a maior segurança, nada se compara com a Sao Silvestre.
É uma energia única, ano novo chegando a galera super animada, as bizarrices e fantasias que os caras usam, uma diversao total, tem noiva, raul seixas, pelé, vikings... alias, é um jeito excelente de começar o ano, voce vai acordar muito feliz no dia 1, realizada, te garanto.
E o trajeto também é demais...dobrar a paulista e olhar a consolaçao e ver o mar de gente descendo a rua é inesquecível...entrar naquele minhocão com milhares de pessoas correndo e todo mundo nos prédios gritando é lindo...
E nao se preocupe, cansa, mas dá pra ir sim, numa boa. Sempre leio suas colunas sobre corrida e te falo que voce vai fazer sim, sem traumas e vai querer ir de novo.
Ultima dica, leve uma camerazinha descartável e tire fotos do trajeto!
É isso, infelizmente, meninos e meninas nao podem correr juntos entao nao poderemos nos encontrar. Mas te desejo uma otima prova e mande noticias depois.
Um grande abraço,
Teo

Teo said...

Ahhhhhhhhh, e a frase! Tem um cara que sempre vejo e tem uma frase beeem legal....nao lembro direito as palavras, mas o sentido é mais ou menos esse - A dor dura algumas horas, o orgulho de terminar é pra sempre.

Gui Barranco said...

Uma frase boa seria: "SENHOR, tenha misericórdia da minha alma, pois já estou pagando meus pecados em terra..."
Fala sério!!! Correr a São Silvestre???? E ainda no último dia do ano!!!! Ninguém merece... Isso não é sonho, é castigo premeditado.
Agora, pensando bem, "Run! Forrest! Run!" me soa perfeita, já que só maluco pra gostar de correr... hehehehehehehe
Beijo!!!!

Anonymous said...

"O meu refrigerador não funciona"

Mauro Chazanas said...

Alessandra, este comentário do Teo fez-me lembrar de um documentário que vi muito tempo atrás, não me lembro se foi na Cultura, sobre as Olímpiadas. O trecho a que me refiro falava da maratona. Após tratar dos vencedores de diversas olimpíadas, foi de arrepiar o momento poético que os documentaristas "sacaram". Filmaram a chegada do último colocado, horas e horas depois da premiação, o público já tinha ido embora. A câmera focalizava ele, de frente, lembro-me bem de seu rosto, foi marcante. Ele se esforçando pra terminar a prova e o locutor perguntando: "O que leva ele a continuar? Sabe que não vai ganhar mais nada, ninguém sequer vai saber que ele terminou a corrida, ninguém irá recebê-lo ou parabenizá-lo. No entanto, continua."
Nossa, não dá pra esquecer, né?
Agora, voltando a ser "engraçadinho", deixa dizer que voce bem que podia correr com uma bandeira com os seguintes dizeres: "Oi, pessoal do meu blog, voces são muito bacanas!"
Ah, na subida, lá na Brigadeiro, se "o bicho pegar", lembre-se de "I Will Survive", Gloria Gaynor.

Alessandra Alves said...

teo: obrigada pelo encorajamento. sempre é bom escutar "quem sabe porque já esteve lá". eu cobri uma são silvestre, muitos anos atrás, e me lembro desses tipos bizarros que aparecem. vi até cara segurando imagem de santo, correndo para pagar promessa!

gui: ainda vou te convencer. um dia você corre comigo, tenho certeza. por falar nisso, sabadão tem treino lá na usp, às sete (da manhã, claro). tá a fim? hehehehehe

anônimo: você é arnaldo batista? gostei do mote, mas para ser mutante eu preferiria "mais louco é quem me diz que não é feliz, eu sou feliz".

mauro: sensacional essa abordagem do documentário, né? eu não vi mas imagino como deve ter sido tocante. sempre que estou correndo, no auge do cansaço, me pergunto: por quê? afinal, não estou correndo atrás de nada, nem fugindo de ninguém, por quê? nessa altura, já não é o desejo de ter uma vida saudável, de manter o corpo em forma que nos move, nós, os malucos. esse gás final, esse limite a que nos submetemos é pura vontade de se superar. e isso a gente transporta para outras coisas da vida, né? assim: caramba, ainda tenho tanta coisa pra fazer esta semana e hoje já é quinta-feira. não vai dar. peraí. como não vai dar? eu corro dez quilômetros e termino inteira. claro que vai dar! é bom isso!

Anonymous said...

Menina,essa eu não resisto!

"Hay Govierno? Soy Contra."

É que sou anárquico mesmo.

Jonny'O

Anonymous said...

Putz Alessandra bons 15 quilômetros pra vc!!!
Não sou nada bom com essas frases! mas dou eu voto na frase do Mauro Chazanas "Chegou a Hora dessa Gente Bronzeada Mostrar Seu Valor".

Felipe Atch

Anonymous said...

Em sobre a sua pergunta do post passado pensei bastante na resposta. Tem até uma brincadeira aqui: "quando falam do Espírito Santo no jornal é pq vai chover mesmo"(Isso na previsão do tempo) Prefiro e me remeto à frase de algum líder mexicano (que me não lembro o nome) "Longe de Deus e perto dos EUA. Estamos entre RJ, MG e BA. Em termos econômicos é notório que estamos muito atrás destes estados. Somado a isso temos o RJ como vizinho ex capital do país e com a poderosa RG o ES é um pato feio do sudeste(mesmo com belezas naturais que em nada devem a nenhum destes estados).
Por fim essa desvalorização que o país ou o sudeste tem com o ES também é provocada pelos próprios capixabas que fazer questão de maldizer e menosprezar(reclamar sem tentar melhorar não adianta) isso já a várias gerações.
Temos ainda uma classe política que não trabalha em prol do estado praticamente todos compõem o "baixo clero". Desculpe pelo exagero do tópico.

Teria mais dezenas de pontos a serem conciderados mas vou ficando por aqui. Assuntos para outros momentos
+uma vez boa Corrida pra vc

Anonymous said...

Que tal " Apesar de você, amanhã há de ser outro dia...".

Foram tantos "apesares" durante o ano.

Carlos Miguel

marcia bechara said...

ALÊEEEEEEEEEEEEEEEEEE!
VOU COBRIR A FINAL DE STOCK CAR PRA CARAS, HAHAHAHAHAHAHAH!

Gabriel Izar said...

Que tal correr com a inscrição: "Por um Corinthians menos corrupto em 2007" ?

Edu said...

Há coisas que se faz uma vez na vida.

E há coisas que se vive uma vida inteira para fazer.

Boa sorte!

Milton said...

Inter, Campeão do Mundo 2006?

Não, tô brincando. Sabes que eu também corro? Adoraria participar de uma São Silvestre, maesmo com o calor, a subida, etc.

Beijo.

Alessandra Alves said...

gabriel: que vergonha, né? eu tenho vergonha dessas coisas do corinthians, mas não vou gastar vela com mau defundo. é minha são silvestre, pô!

edu: obrigada!

milton: fosse em 2000, eu certamente cravaria corinthians campeão do mundo, mas minha admiração aos colorados não chega à devoção, né?! pois então somos colegas de esporte?! legal. quem sabe um dia você não se anima a passar a virada em são paulo, encarando esse desafio? beijos!