Monday, February 16, 2009

Desaniversários

Nas últimas semanas, deixei escapar duas comemorações aqui do blog. A primeira foi no dia 29 de janeiro, quando este democrático espaço completou três anos. Foi no comecinho de 2006 que, instigada pelo meu padrinho blogueiro Pedro Alexandre Sanches, inaugurei este blog, com o post "A parábola do tremoço". Esqueci completamente de registrar a data, que mancada...

A outra não foi exatamente um esquecimento, mas falta de tempo mesmo. No último dia 12, esta blogueira chegou à última etapa antes dos "enta". Aproveito este post para agradecer a todos que telefonaram, chamaram pelo messenger, mandaram mensagens pelo orkut, enviaram e-mails. E aproveito, também, para conta um fato ocorrido na semana passada.




Academia, uma da tarde, TV ligada no Globo Esporte. Como era semana de clássico entre Corinthians e São Paulo, o programa exibiu trechos de jogos históricos entre os dois times. Sorte minha, pois naquele dia passavam lances da final do Campeonato Paulista de 1982. Fiquei lá, admirando aquele time da Democracia Corintiana, e fui me empolgando com os lances da partida, antecipando alguns deles, como o histórico gol do Biro Biro, impiedosamente imposto ao ótimo goleiro Valdir Perez com uma bola entre as pernas.

Eis que chega um dos professores da musculação, corintiano também, e começa a vibrar com os lances. "Nossa, esse jogo é histórico, um épico", e me juntei a ele, acrescentando mais detalhes daquele dia. Ao que ele se admira: "Nossa, que legal, você lembra desse jogo?" Se lembro, rapaz? Lembro do jogo e de tudo o que fiz naquele dia, como se fosse um filme visto ontem. Parei, olhei para o rapaz, que não é uma criança, nem um adolescente, mas um homem feito, e disparei à queima roupa: "Você não tinha nascido, né?". Não, não tinha...

12 comments:

Ron Groo said...

Hehehehehe.
Você foi extremamente maldosa consigo mesma. E o pior... ainda publicou pra gente ver.
Parabéns! Atrazados.

Mandy said...

Também dou parabéns atrasado e deixo registrado um comentário feito por uma menina de 10 anos, a quem costumo chmar de "minha irmã": "essa é a Alê? Como ela é linda!"

Beijos

Anonymous said...

Alessandra, e aí renovou suas luvas milionárias com a Band para esta temporada da F1? rsrsrs

Dê uma olhadinha na cobertura da DAYTONA 500 no Blog AemD: www.automobilismoemdebate.zip.net

OBS: Se possível coloca meu endereço entre seus favoritos aí ao lado!

Mauro Chazanas said...

Alessandra, parabéns, e felizes desaniversários.

Gabriel Pandini said...

Oi mãe estou aqui para novamente te dar feliz aniversário.
Por que vc também não faz posts sobre novos carros?
Eu acho que vai ser bem legal.
BEIJOOOOS
Gabriel

Ico (Luis Fernando Ramos) said...

Feliz Aniversário, Alê!

E nao esquenta que os "trenta" sao uma década ótima! :)

Bjo!

Ylan Marcel said...

O Curintia tem espaçamentos de títulos em sua história que não condiz com sua grandeza. É por isso que o SPFC está se transformando no maior de SP.
Flamengo sempre!!!

Aline-NC said...

Dia 12 também? Todo mundo que nasce nesse dia é gente boa ! :)
Parabéns!

Mauro Chazanas said...

Alessandra, esqueci-me de sugerir uma trilha sonora para teu aniversário. Pelas pistas que destes, deduzo que nos 70 estavas na tenra infância, e portanto esta fase vai homenageada por, é minha sugestão, ninguém menos que o inolvidável Sidney Magal. Podem falar o que quiserem, mas as canções dele eram bonitinhas e altamente cantáveis. Além do quê, todo o povo brasileiro conta com uma autorização para ouvir brega, firmada por Caetano Veloso. Cantar Sidney Magal é a prova cabal e definitiva que alguém está de bem com a vida. Nem só o que está no "Hall da Fama" é bom e faz bem; "Sandra Rosa Madalena", "Meu Sangue Ferve por Você" e "Se Te Agarro com Outro Te Mato" estão para sempre no nosso "Hall da Infâmia".

Anonymous said...

Parabéns Alessandra!

Essas imagens do Corinthians são do tempo em que a fiel passava apertada com os goleiros.

Jonny'O

valéria mello said...

Parabéns! Pelo aniversário e pelo blog.

Anonymous said...

todo ano o corinthiano passa apertado com goleiro...vai falar em Felipe Mão De Algodão?