Wednesday, August 13, 2008

Eu não sou cachorro, não

O motor de Felipe Massa estourou. Foi o que bastou para parte da platéia enxergar sabotagem da Ferrari contra o brasileiro. Uma breve análise do eterno complexo de vira-lata, lá no GPTotal.

3 comments:

Anonymous said...

Adorei a coluna Alessandra !

Perfeita em todos os sentidos ,desde as belas e tristes lembranças do passado como a conclusão final sobre a realidade atual do piloto Massa.

Vamos voltar novamente no passado e lembrar as quatro primeiras temporadas de Mansell na F1 , ele foi muito inferior a Elio de Angeles e duvido que o italiano andaria junto do inglês três anos depois .

E ninguém ainda é capaz de responder se Massa chegou no seu limite

Jonny'O

Ron Groo said...

Não creio que Massa tenha ido ao limite.
Penso que ele vem se superando.
Ainda em minha modesta opinião ele é o piloto em melhor fase na categoria. Pela gana, pela garra...
Quanto a sua coluna...
Elogiar é chover no molhado...

Hugo Becker said...

Oi Alessandra! Faz um tempinho que não comento aqui, mas estou sempre lendo seu blog, acompanho todos os posts, viu! hahaha

Olha, me sinto um pouco "recompensado" por ver todo esse reconhecimento da imprensa nacional/européia em torno do Felipe Massa. Você deve conhecer o Victor Martins, que trabalha no Grande Prêmio há bons anos, já. Conversava com ele em 2004, quando Massa retornou à Sauber, e dizia ver nele um piloto com perfil de campeão. E o Victor constantemente ria da minha cara! Hahaha! Tanto tempo depois, ver minha "previsão" se transformar numa possibilidade real me deixa feliz.

Não sou aquela espécie de "pacheco fanático", não. Pelo contrário. Na minha visão, Massa é de longe o piloto que mais evoluiu em seus anos de Fórmula-1, embora ainda tenha muito a evoluir. Räikkönen me pareceu sempre ter tido o mesmo estilo, assim como Alonso. Parecia ser questão de equipamento, o que impediu títulos de ambos. No caso de Massa também, mas Massa realmente evoluiu muito. Encontrei vídeos da largada de Massa na Hungria em diversos idiomas, e nos que eu entendo razoavelmente bem (italiano, espanhol e inglês), o pior adjetivo que escutei para aquela largada foi "Espetacular", ou seja, dessa vez não se trata de uma pachecada global pra cima da audiência menos informada.

Honestamente, se o título ficar nas mãos de Räikkönen nesta temporada, será uma grande injustiça. Massa e Hamilton, qualquer um dos dois, seriam campeões justos para essa temporada. Gosto do estilo de ambos, Hamilton me impressiona MUITO, mais do que o Massa e mais até do que o Schumacher.

Estou muito ansioso pra ver o desfecho dessa temporada aqui no Brasil. Será de arrepiar, melhor do que no ano passado.

Ah, e como disse o Ron Groo, elogiar sua coluna é chover no molhado! Parabéns!

Um beijo
Hugo Becker
http://hugobecker.blogspot.com