Sunday, July 25, 2010

Não aprenderam, não?


"Alonso está mais rádpido que você. Entendeu?" A frase, dita para Felipe Massa pelo rádio, parecia pronunciada em letras de forma, de tão clara e pausada. Veio em inglês macarrônico, daqueles gostosos de ouvir, por serem tão fáceis de entender. Na volta seguinte, Alonso passou e assim venceu o GP da Alemanha de 2010.

Na coletiva, Alonso, Oscar de ator, disse não saber o que aconteceu a Felipe. "Seu carro estava mais lento e eu o passei." Massa não disse que sim ou pelo contrário. "Não tenho nada a falar sobre isso", no melhor estilo depoimento de CPI.

Gente, vamos parar de hipocrisia? Todos nós? Você aí na Ferrari e nós aqui, o mundo. Todo mundo sabe que este é o modus operandi da Ferrari, com regra da FIA ou não, para não haver ordens explícitas de equipe. Vocês acham que nós ainda não aprendemos? Tanto já foi dito e escrito sobre a opção permanente da Ferrari em trabalhar por um de seus pilotos, e fazer o outro de escudeiro. Eu mesma, neste blog, escrevi isto aqui, certa vez. E o fato relatado tem quase trinta anos. Foi assim, depois, nos anos Schumacher/Barrichello.

Se Rubens Barrichello e Massa optaram por aceitar essa condição - a de segundo piloto - é decisão deles. A Ferrari ganhou muitos campeonatos com esta fórmula, e a Red Bull provavelmente vai perder o atual por não fazê-lo e deixar o banana verde do Sebastian Vettel e o esforçado porém limitado Mark Webber brigarem livremente pelo título.

O que me incomoda enormemente na história é a postura pública dos pilotos que são segundos pilotos, mas posam para suas torcidas como primeiros. "Estou na luta pelo título", "Vou correr para ganhar", "Tamo junto, vamo nessa". Não, não vamos nessa, porque a opção da sua equipe é por seu companheiro, não por você. Se você, segundo piloto, aceitou fazer este papel porque isso lhe é conveniente (dinheiro, money, tutu, pilas, verdinhas), good for you. Mas não vou engolir que você está lutando pelo título. Eu já aprendi.

Guardadas as devidas proporções, é o mesmo sentimento que tenho em relação a determinados veículos de imprensa, que são partidários desta ou daquela corrente político-ideológica, mas posam de imparciais. Não discuto a posição. Discuto a mentira. Mentir é feio e faz mal para quem o faz. A verdade às vezes pode ferir, pode até prejudicar quem a diz, mas traz uma leveza de alma que compensa.

Sai do armário, Massa, seja um segundão feliz.

23 comments:

Vasconcelos said...

Falou tudo Alê. O problema não é a atitude em si é a mentira. Para a Ferrari interessante é o Alonso campeão. O problema é o Massa, assim como o Barrichello, afirmarem que não são 2ºs. Podem ser campeões, desde que o 1º não possa. O Massa brigou pelo título de 2008 pq o Kimi não estava disputando e assim por diante.

Anonymous said...

Parabéns Alessandra !

Acabei de escrever no GPTotal sobre esta corrida. Pra mim Massa tem grande parcela de culpa. Assinou com a Ferrari para ser segundo piloto. Se tivesse ambição caia fora e correria por outra equipe.

Adriano Oliveira

guisalviano said...

Sepre Lúcida Alessandra.
Mas é triste de ver de novo esse pesadelo. Não teria essa sua fibra para escrever colunas de novo ao lembrar dos gênios que tivemos e ver o pesadelo austríaco de novo com mesmo figurino vermelho.

guisalviano said...

opss. Sempre Lúcida

Marcus Pessoa said...

Não sei exatamente como foi a disputa entre Villeneuve e Pironi (com certeza você estava se referindo a ela), mas, ultimamente, o caso da Ferrari não me parece exatamente o de haver um segundo piloto, e sim, o de privilegiar quem tenha mais chances ao título, independentemente de sua posição na equipe.

Foi assim em 2008, quando Raikkonen, primeiro piloto, deixou Massa passar, na China -- retribuindo o favor que Massa lhe fizera em 2007, no Brasil. Nesses casos, não houve gritaria nenhuma, afinal, um estava sem chances, e o outro estava disputando o título.

O problema é quando o jogo de equipe se dá muito cedo, como agora. É parecida com a situação da Áustria em 2002, porque a troca de posições, e o sacrifício de uma vitória, não era algo imprescindível para o título de Schumacher, assim como não o era no caso de Alonso. Só numa situação extrema o público justifica a falta de esportividade.

Então eu posso dizer que não, não imaginei que a Ferrari fosse repetir a Áustria-2002, e me acho no direito de criticar. Não é hipocrisia.

Desculpe, mas esse hipotético piloto que fica feliz em ser o segundo não deveria nem ter entrado na profissão.

Herik said...

Talvez, não sei, se Massa tivesse feito feito uma primeira metade de campeonato decente e colocasse 30 pontos de vantagem, também acharia estúpida a atirude da Ferrari. A questão é que Felipe está mal no campeonato e a Ferrari tem mais chances de vencer o campeonato com o espanhol.

Agora, sinceramente, duvido que haveria esse bafafá todo se o primeirão da equipe fosse o Massa.

Carlos said...

Se o Massa estivesse mais rápido que o espanhol - que naquele momento além de voando baixo estava 31 pontos na frente do Felipe no campeonato - nada disso teria acontecido.
A atitude da equipe foi se preservar de uma perigosa disputa entre seus pilotos ao melhor estilo RBR. Mas apesar de justificável, não há como disfarçar a acintosa ATITUDE ANTIDESPORTIVA que amarelou os sorrisos da festa tifosi. Espero que a F.I.A. retire os pontos da Ferrari nesta prova e puna Mr. Alonso em 5s, restituindo a vitória ao Massa. Seria o mais justo e a única maneira de coibir esse jogo sujo, multa de cem mil doletas não fazem nem cosquinha no caixa rosso.

Edu said...

Acho lamentável assistir a um esporte e torcer por um esportista que precisa entregar a vitória.
Me sinto manipulado, traído e inocente por acreditar.
E sempre se fala muito do caráter do alemão, mas o Alonso é o mais chorão e vigarista do grid. E usa com maestria o poder da Ferrari, ele praticamente pune os pilotos das outras equipes, e manda na equipe dele. E ainda é cínico. Paciência. Torcer para esse desempenho da Ferrari ter sido fogo de palha e amargar uma derrota de pilotos e construtores.
Adoro ciclismo, pelo menos no Tour da França a equipe toda é formada para proteger um ciclista só, e a torcida sabe para quem torcer.

Anonymous said...

Matou a pau, inclusive no que diz respeito à boa parte da imprensa partidária, tendenciosa, mas que pretende passar uma imagem de equanimidade. Aliás, talvez nesse assunto o Massa parece ter saido do armário. Ouvi dizer que ele é Serra é não abre!

Joubert Amaral said...

A pedido da dona do pedaço, posto aqui uma observação:

Se não me engano (e posso realmente estar enganado), uma pessoa era mostrada frequentemente no box da Ferrari.

Ele estava com camisa branca e uma cara de Peter Sauber. Na hora eu pensei: "Conheço este cara!" e não é que eu conhecia mesmo?

O Senhor de branco tinha um logotipo conhecido na camisa. Se tratava de ninguém menos do que o Presidente Mundial do Banco Santander, o Sr.Emilio Botín, que foi prestigiar o GP de dentro do Box da Ferrari.

Agora me digam uma coisa: Se o banco é o segundo maior patrocinador da Ferrari e só foi para a equipe Italiana graças ao Alonso, será que Felipe ia mesmo ganhar aquela corrida? Bem no dia que o homem que assina os cheques vai ver seu piloto?

Abraços Alessandra e amigos

Ron Groo said...

E o Conselho Mundial vai dizer daqui alguns dias: "-Ai, ai, ai... Ferrari feia. Não faz de novo senão ó..."

Massa conseguiu se igualar no ótica dos torcedores aos piores momentos de Barrichello dentro da equipe vermelha.
Seria injusto que nós - tá bom, eu - pegasse tanto no pé de Rubens disse que entendo a posição do Massa.
Foi vergonhoso.
Senna e Pace devem estar se revirando no túmulo.

Aristóteles Júnior said...

Felipe Massa não é o segundo piloto. Tanto não é que o Papai Noel em pessoa me ligou e disse isso. Logo depois, o Coelhinho da Páscoa me mandou e-mail dizendo a mesma coisa. Eu acredito nos três!

Lucas said...

hahaha... perfeito! Não te acompanho muito, mas dessa vez tu matou a pau Alessandra. Parabéns!

Lucas said...

Joubert Amaral,

O Massa não é bobo. Sabe que o Alonso é espanhol e que trouxe o Santander com ele. Bobeira dele se acreditou que a Ferrari iria priorizar seu "amor à camisa" ao invés da grana pura.
Isso só iria ocorrer caso Massa estivesse dando um banho no Alonso, coisa que nunca chegou nem perto de acontecer.

Andre said...

I sssooo aaquiii ééé uuu mmaaaaaa faaaaarrrsssaaa, eeeennnn teeeenn deeeu mmaaanééé, ooouuu qquuueeerrrr queeeeee reeeee piiiii taaaa?

Vou queimar meu boné da Ferrari (paguei US$45 pila nele), alguém quer que eu filme e coloque no youtubes?

Anonymous said...

Alessandra, o massinha comportou-se como uma puta levou ferro e saiu agradecendo(defendendo) ao amante, que deve ser esse Senhor do Santander, Quanto ao Barrichelo saiu denunciando o fato e tão descontente que ficou saiu da Ferrari por livre e espontanea vontade.
FICO COM O BARRICHELO.

Jonny'O said...
This comment has been removed by the author.
Jonny'O said...

Vou seguir uma linha diferente.

É comum as equipes mandarem seus pilotos pouparem gasolina ,mandam diminuir o ritmo ,principalmente quando se falta 12 a 10 voltas para o final e quando o primeiro e segundo são justamente da mesma equipe .

È claro para todo mundo que isso é uma ordem para os pilotos não disputarem a liderança para não correr o risco de acontecer como na Red Bull.Que depois de um bom exemplo ,privilegia seu primeiro piloto com a única asa disponível em outro GP.

E quase todas as equipes utilizam desse artifício ,até mesmo equipes menores quando estão dentro de pontos valiosos .

E assim estão fazendo ou sempre fizeram a mesmo jogo de equipe ,afinal quem pode garantir que o piloto A ,se atacasse o piloto B não ganharia a posição ou batessem ou sei lá o que ...

Criaram um regulamento furado !Criaram um problema ,estão alimentando a hipocrisia .

Foi horrível ver o GP da Alemanha , sua parte final,ver os pilotos sem jeito ,ler depois outros donos de equipe dizerem que ficaram horrorizados ,ver o exagero da opinião publica de uma sociedade cada vez mais sem ética ,falsa e egoísta .

Fiquei com um sentimento confuso ,francamente.

Jonny'O said...

Só para relembrar.
http://www.statsf1.com/pt/1999/malaisie/tour-par-tour.aspx

Neste dia a reação das pessoas foi diferente.

JT said...

Desta vez vou deixar minha opinião:

Na Fórmula 1 existe o campeonato de piloto e o de construtores. A cobertura da mídia e a torcida privilegiam o campeonato de pilotos. Só os construtores se importam com o outro campeonato.

Quem torce pela Ferrari, quer ver um piloto da Ferrari campeão, na pista. Quem comemorou o título da Williams em 1986 se o campeão foi Prost, da MacLaren? O número 1 de 1987 foi para o carro dele, não da Williams.

Uma corrida de Fórmula 1 se denomina "Grande Prêmio". Os pilotos arriscam a pele, a testa, a vida, para ganhar um - ou não se chamaria "Grande Prêmio".

Quando uma equipe favorece um piloto em detrimento de outro, ela está interferindo no principal campeonato em voga, prejudicando em tese os pilotos de outras equipes, inclusive.

Quando um piloto por qualquer razão (contrato, dinheiro, trabalho, patrocinador, personalidade ou falta de...) abre mão de ganhar um "Grande Prêmio" então o princípio do esporte é negado.

Por mais que a Fórmula 1 seja uma plataforma de negócios e interesses capitalistas, a pedra angular da história é a disputa esportiva. Os resquícios desse conceito são os trechos de hinos tocados no podium e as bandeiras tremulando para os vencedores.

O que me motiva assistir uma corrida de carros é a disputa na pista. Não sou acionista de banco, não trabalho em concessionária de carros e sequer sou especialista no circo, mas acho que os próprios donos dele estão insatisfeitos com a marmelada que se apresentou na Alemanha.

Ricardo Silva said...

O Irvine foi segundão e foi feliz.

Vladimir "Charles" Brown said...

O Irvine foi segundo, mas quando teve chance de lutar pelo título, a Ferrari ficou do lado dele e o Schumacher agiu como segundo piloto.

Raikkonen e Massa demonstraram como isso funciona quando ambos tiveram suas respectivas chances de se sagrarem campeões mundiais.

Acho que, apesar de todo mundo fazer vista grossa quando vale o título, o fato é que o jogo de equipe foi considerado ilegal pela FIA e a Ferrari não só feriu o regulamento como o fez de forma vergonhosamente mal ensaiada.

Anonymous said...

In [url=http://www.canadagooseparkaclearances.com]trillium canada goose parka[/url] June 2010 the company opened a European office in Stockholm, Sweden, its first corporate office outside of Canada . What puts Canada Goose in an elite league may be a technical marvel developed by the [url=http://www.genuinecanadagoosevest.com]canada goose freestyle vest[/url] company.[/p]
[p]One Canada Goose slogan is, "Ask anyone [url=http://www.cheapcanadagoosejakke.com]cheap canada goose jakke[/url] who knows . This ultimate frying duo also possesses CookStar [url=http://www.canadagoosejacketoutletdk.com]canada goose outlet store[/url] all-stove base, which can be Fissler¡¯s energy-saving aspect that maximizes the contact between pot base and flame . [url=http://www.cheapcanadagoosejakke.com]canada goose jakke dk[/url] " . Your bird will demand attention from you all the time . ¡°They view the entire of Canada as this clean, safe, iconic place of wonder,¡± he says . Following up on their 2010 Canada Goose Chilliwack Bomber release,Drake and his October's Very Own crew (now well known as OVO) get together once again with the Toronto [url=http://www.cheapcanadagoosejakke.com]cheap canada goose jakke sale[/url] outerwear label on a 2011 version . [4]

[url=http://www.vn-zoom.com/f264/activepresenter-v3-6-phan-mem-quay-phim-man-hinh-mien-phi-tot-nhat-hien-nay-2340143-2.html]They are beautiful store statement made canada goose7p[/url]
[url=http://antonservices.de/forum/posting.php?mode=quote&f=9&p=20762++Result:+chosen+nickname+%22Robyww51%22;+captcha+recognized;+success;+BB-code+not+working;]They are beautiful store statement made canada goose jackt8o[/url]
[url=http://myads2u.com/ads/deliberations-on-decorative-glass/#comment-48471]we are beautiful shop online statement made canada goose5z[/url]